Como proteger os seus equipamentos eletrônicos contra raios?

001_post_raios_v01-2Por estarem ligados à rede elétrica, os equipamentos eletrônicos estão suscetíveis a picos de tensão, seja de ordem física ou natural, neste caso, descargas elétricas, mais conhecidas como raios.

Quando um raio atinge um local próximo a uma rede elétrica, ele descarrega uma grande quantidade de eletricidade, que percorre fiações até o momento de encontrar um aterramento. É aí que ele pode destruir a fiação e aparelhos eletrônicos que estiverem plugados na tomada. A baixa ou falta de energia não danifica os equipamentos; isso pode ocorrer no retorno da eletricidade, quando ela normalmente possui uma voltagem maior.

Dado o contexto, como proteger os equipamentos eletrônicos em caso de descargas elétricas?

Ter uma instalação elétrica adequada é o primeiro passo para evitar que os aparelhos sejam danificados. Qualquer defeito ou má instalação os torna mais vulneráveis a ocorrências de descargas atmosféricas. Contrate um bom eletricista e certifique-se de que ele utilize materiais certificados e realize a instalação e a manutenção de maneira correta.

O ideal é que cada aparelho seja conectado a uma tomada individual, sem o uso de réguas ou adaptadores do tipo benjamim. A sobrecarga de equipamentos ligados a uma única fonte pode ser prejudicial em caso de queda de raios.

Realizar o aterramento da fiação elétrica da sua residência ou empresa é fundamental para a proteção dos seus aparelhos eletrônicos. Atualmente, no Brasil, esse procedimento é obrigatório. No aterramento, é instalado um cabo de cobre no solo, de maneira que ele possa descarregar as tensões atmosféricas e estáticas, facilitando e otimizando o funcionamento de outros dispositivos de proteção, como disjuntores. Esse processo pode ser aliado à instalação de um DPS, equipamento que protege a rede elétrica contra raios e variações de tensão.

Existem ainda, equipamentos que são comprovadamente resistentes à descarga atmosférica, como por exemplo, os videoporteiros da Intelbras. Nesse caso, os aparelhos contam com proteção contra transientes atmosféricos que tem como base os sistemas usados em centrais telefônicas (PABX). Esse sistema de proteção baseia-se em protetores passivos e ativos, utilizando desde centelhadores a gás até os protetores à base de silício (TVS). A eficácia dessa tecnologia de proteção é comprovada pelos resultados obtidos nos testes em laboratórios, tanto os credenciados pelos órgãos de homologação como a ANATEL, quanto pelos testes em nossos laboratórios internos.

A linha completa de videoporteiros da Intelbras você encontra aqui. Fale com a gente! (11) 2281-6000 (13) 3213-1000.

Fonte: Blog Intelbras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s