Dicas de prevenção de incêndio em residências: saiba os cuidados que você deve tomar e como a tecnologia pode ser uma aliada à prevenção

O Corpo de Bombeiros registra anualmente milhares de chamados contra incêndio em residências no Brasil. Por razões variadas, a população se expõe, muitas vezes sem saber, a riscos que poderiam ser evitados com simples cuidados.

FAP500Apesar de todo alerta de cuidados e campanhas de conscientização destinados à população, a ocorrência de incêndios em residências no Brasil é mais comum do que o noticiado. Grande parte desses registros, no entanto, são causados por maus hábitos ou descuido dos próprios moradores. Dados apontam que a cozinha é o local mais arriscado e propenso a ter focos de incêndio em residências, seguida pelo quarto e sala.

Saiba que há simples ações e cuidados que devem ser tomados dentro de casa ou no próprio condomínio para evitar incêndios, e até mesmo orientações em como agir de modo correto em caso de acidentes. A prevenção inicia já na construção do imóvel, que deve ser supervisionada por um engenheiro e arquiteto, a fim de garantir que o projeto seja construído de acordo com todas as normas de segurança devidas. Em caso de prédios e condomínios, é importante saber onde ficam as saídas de emergência, e verificar se elas estão funcionando corretamente. Em caso de incêndio, deve-se obrigatoriamente usar a escada. Conheça algumas dicas de como evitar incêndios em sua residência, minimizando os riscos e prejuízos, que podem ser até mesmo fatais:

  • Instalações elétricas: uma das principais causas de incêndio em residências está ligada à sobrecarga dos circuitos elétricos com o uso de vários aparelhos domésticos ligados a uma mesma tomada, conectados por um benjamim. Esses aparelhos acabam por consumir muita energia ao mesmo tempo em um ponto que pode não suportar a carga, havendo o risco de incêndio por curto circuito. Não utilize extensões de energia debaixo de tapetes ou carpetes, pois o desgaste pode ocasionar seu rompimento, causando incêndio. Fios desencapados são um perigo iminente: substitua-os.  Além disso, é importante que seja feita a revisão da rede elétrica da sua residência a cada dez anos a fim de garantir o seu bom funcionamento. Em caso de incêndios causados por problemas elétricos, não se deve utilizar água para combatê-lo, pois há o risco de choques. Neste caso, utiliza-se extintores de pó ou gás carbônico.
  • A cozinha é o ambiente responsável pelo maior número de ocorrências de incêndios em residências. A combinação de gás e fogo pode ser muito perigosa se alguns cuidados não são tomados. Primeiramente, procure manter-se na cozinha enquanto o forno ou fogão estiverem ligados. Óleo quente, por exemplo, se for aquecido durante muito tempo, pode pegar fogo. Caso isso ocorra, não jogue água na panela pois isso pode provocar um choque térmico, gerando explosão. Botijões devem ser mantidos do lado de fora da casa, evitando que eventuais vazamentos de gás provoquem incêndios. Além disso, tente fechar o registro do gás sempre que ele não estiver sendo usado. Caso sinta o cheiro de gás, não acenda a luz, pois pode ocorrer uma explosão. Feche o registro imediatamente e abra portas e janelas para dissipar o gás. Para se prevenir, certifique-se de que o equipamento que regula a pressão do botijão esteja instalado de modo adequado. Se você possui forno ou fogão a lenha, sempre apague a chama antes de dormir ou sair de casa. Materiais de metal ou alumínio nunca devem ser usados nos fornos de micro-ondas.
  • Fósforos e isqueiros devem ser mantidos fora do alcance de crianças. Cigarros mal apagados, se jogados em gramados ou lixeiras com papel, podem ocasionar incêndios. Para evitar riscos, apague a chama do cigarro apenas em cinzeiros e caixas de areias. Fumar em locais como o quarto, perto de cortinas ou na cama, pode ser muito perigoso.
  • Velas devem ser usadas com cuidado: o ideal é acendê-las dentro de um prato fundo com água, evitando assim, qualquer risco de incêndio. Nunca as deixe perto de cortinas, e não utilize caixas de fósforo ou materiais combustíveis como apoio.
  • Aquecedores de ar devem permanecer em locais seguros e isolados, afastados de móveis como sofás, cortinas e almofadas. Nunca os deixe perto da cama ou então os utilize com o objetivo errado, como o de secar roupas, por exemplo.Cobertores elétricos devem ser desligados antes de dormir.
  • Ferros de passar devem ser retirados da tomada sempre que não estiverem sendo usados, assim como secadores de cabelo e utensílios similares.

Importante é saber que, em caso de incêndio, deve-se imediatamente ligar para o Corpo de Bombeiros – 193. Procure o caminho mais próximo à saída, e ande agachado para respirar e enxergar melhor em caso de presença de fumaça. Evacue todo o local e utilize parte da roupa como uma máscara de proteção ao rosto.

A tecnologia na prevenção de risco de incêndio em residências

Existem equipamentos eletrônicos, como detectores de fumaça, que são grandes aliados à prevenção de riscos de incêndio e podem ser instalados em residências. Ao contrário do que muita gente imagina, esses detectores não são utilizados exclusivamente em locais públicos, empresas e negócios locais. A fácil instalação desses aparelhos é um diferencial: ela pode ser feita pelo próprio morador, por meio de um adesivo, sem a necessidade de interligações por fios, cabos e sistemas complexos, pois eles funcionam de forma autônoma e individual. Isso significa que não há a necessidade do alarme ser conectado a uma central de alarme de incêndio. No momento em que detecta a fumaça, o equipamento dispara um sinal sonoro de alta intensidade, sinalizando o princípio de incêndio. Equipamentos como este são aliados à proteção dos moradores e do patrimônio físico, e constituem uma ótima forma de reforçar os cuidados com prevenção de incêndios. 😉

Fonte: Blog Intelbras

A Incentel trabalha com estes equipamentos. Entre em contato conosco e saiba mais!

(11) 2281-6000 (13) 3213-1000

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s