Sistema de CFTV em nuvem é tendência tecnológica para quem busca praticidade

A utilização de streaming de vídeo em nuvem ganha cada vez mais espaço, por dispensar o uso de armazenamento local.

cftv-7

A vigilância por vídeo (CFTV) já é reconhecida no mercado, segundo a SIA (Security Industry Association) e a ABESE (Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança) este sistema representa a maior fatia do mercado nacional de equipamentos de segurança, entretanto, seu formato em nuvem vem ganhando destaque à medida que o mundo se adapta a era sem fio, na qual permanecemos online 24 horas.

Aparelhos como Smarthphones, Tablets e Notebooks proporcionam maior eficiência e praticidade ao nosso dia a dia e são fatores colaboradores para que o CFTV em Nuvem se torne tendência, pois a ferramenta de acesso e administração da tecnologia é um simples navegador de internet, que pode ser utilizado em qualquer lugar do mundo.

O Circuito Fechado de Televisão em Nuvem consiste no armazenamento das imagens geradas por suas câmeras de segurança em servidores remotos que são robustos e altamente estruturados para disponibilizar imagens ao vivo e gravadas de seu circuito fechado de TV. O áudio e vídeo podem ser acessados por ilimitados usuários simultaneamente a partir do seu dispositivo móvel, com navegação através de senhas personalizadas e criptografadas. Utilizando câmeras IP ou analógicas com encoders de vídeo, as imagens são capturadas, digitalizadas, compactadas e transmitidas via internet à um Data Center que possui um conjunto de servidores de alta capacidade.

Um dos protocolos de comunicação mais utilizados para o envio das imagens na nuvem é o RTSP (Real Time Streaming Protocol), protocolo desenvolvido para controle na transferência de dados. No Data Center, as imagens são armazenadas de forma segura e com redundância, afim de garantir disponibilidade constante das informações. As empresas que administram esses locais possuem corpo técnico de grande capacidade, mantendo todos os equipamentos sempre ativos e atualizados. O período de armazenamento é determinado em contrato, podendo variar de 7, 15, 30 dias ou mais.

Dentre as vantagens deste tipo de tecnologia de transmissão e armazenamento de imagens, está a possibilidade de escalabilidade e integração de diversos modelos de câmeras IP, sem restrições entre fabricantes. O acesso às imagens via Web Browser dispensa a necessidade de instalação de software, e assim, reduz custos com infraestrutura, manutenção, mantém toda a parte de gravação em ambiente seguro e faz com que possam ser visualizadas em qualquer lugar do mundo! Toda atualização do sistema de gravação será repassada ao usuário final automaticamente, sem a necessidade de instalação de novos aplicativos ou Plug-ins.

O sistema de CFTV em nuvem também permite a emissão de relatórios dinâmicos, com diversos eventos que possam ter ocorrido diante das câmeras, como perda de conexão e detecção de movimento, a reprodução de várias câmeras simultaneamente e a exportação do conteúdo capturado em formato criptografado. Esta tecnologia suporta os modelos de compressão de imagens disponíveis no mercado (MPEG-4, M-JPEG e H.264), disponível nas câmeras IP, podendo ser implementada em qualquer nível de necessidade, além de fazer uso otimizado da Internet, para a transmissão das cenas.

Conheça nossas soluções: http://www.incentel.com.br

Agende uma visita conosco: (13) 3213.1000 / (11) 2281.6000

Fonte: http://www.ipnews.com.br/

Anúncios

A Integração de sistema de segurança pode ajudar a proteger sua empresa. Saiba como!

bd3fa974-d87a-d3ffToda empresa precisa se preocupar com a segurança e pontuar as áreas de maior valor, fragilidade e risco. A utilização de câmeras de videomonitoramento tornaram-se um item obrigatório, já é fato. O que nem todos sabem é que elas podem ser utilizadas na automação do controle de acesso. Isso porque existem câmeras IP e DVRs que são capazes de integrar a captura de vídeo aos sistemas de controle de acesso, garantindo maior eficiência no monitoramento e mais segurança para o patrimônio da empresa.

Em áreas de acesso restrito, como estoques de clínicas, hospitais, joalherias, empresas de informática, entre outros, é possível programar o sistema de controle de acesso para que a câmera de videomonitoramento tire uma fotografia da pessoa quando esta digitar sua senha de acesso, enviando um alerta à central de monitoramento. Desta maneira é possível conferir a senha, usuário e imagem de contexto, certificando que a pessoa não está sendo coagida, por exemplo.Integrações como estas mostram que é possível aumentar o nível de segurança das empresas utilizando os sistemas que já estão em uso, mas que operam independentes. As opções são bem variadas, dependendo certamente dos produtos que estão sendo utilizados.A Intelbras possui uma vasta linha de produtos de segurança, como alarmes de intrusão, controle de acesso e sistemas de monitoramento de imagens com câmeras IP. Aparentemente não há nada de novo, porém na Intelbras os produtos “se conversam”. A inovação e o grande diferencial de mercado é que a partir de um único fabricante, é possível implementar uma solução de segurança completa e integrada, aumentando a eficiência de todo o sistema.

Fonte: Guia do CFTV

A Incentel tem a segurança que você busca para sua empresa. Fale com a gente 😉

(13) 3213-1000

(11) 2281-6000